Weby shortcut
Selo_EVZ
Marca da Universidade Federal de Goiás

Projeto Pedagógico

Atualizado em 19/11/14 09:22.

Projeto Pedagógico do Curso de Medicina Veterinária

1. Apresentação

A Escola de Veterinária da Universidade Federal de Goiás (EV/UFG) comemorou no ano de 2004 o seu 41o ano de fundação. Nessas quatro décadas, a EV/UFG constituiu-se no principal polo irradiador do ensino da Medicina Veterinária de Graduação da Região Centro-Oeste, da qual foi a primeira Unidade a ministrar este curso.

Hoje consolidada, a EV comporta, além de sua graduação, um vigoroso e emergente programa de Pós-Graduação strictu sensu que, assim como a Graduação, possui caráter pioneiro na formação de Mestres e Doutores em Ciência Animal no Centro-Oeste. Acompanhando o desenvolvimento da Pós-Graduação, a EV adotou nos anos 90 uma agressiva política de titulação de seu quadro docente, possuindo hoje 49 professores com Doutorado e 6 com Mestrado (cinco matriculados no Doutorado), perfazendo um total de 55 docentes. São desenvolvidos continuamente projetos de pesquisa ligados ou não à Pós-Graduação que envolve o corpo docente e discente.

A Unidade insere-se na sociedade não apenas no ensino e pesquisa, mas também através de seu forte viés de prestação de serviços à comunidade, nas mais diversas áreas de atuação do Médico Veterinário. O Hospital Veterinário, o Centro de Pesquisa em Alimentos, os diversos Laboratórios de Diagnóstico e de Análise de Alimentos para animais constituem um importante elo entre a UFG e a sociedade, além de campo de estágio, ensino e pesquisa para os alunos da UFG e de outras instituições do país.

Apesar do crescimento da Escola de Veterinária ao longo de suas 4 décadas, não se pode deixar de reconhecer que a razão de sua fundação e de sua existência, seu eixo de reconhecimento pela sociedade e sua função-mor é a formação de Médicos Veterinários, dentro dos melhores padrões possíveis e desejáveis de qualidade, para atuar na sociedade. Portanto, a motivação principal para a mudança da estrutura e filosofia do currículo passa necessariamente pela busca da qualidade da formação técnica e humana dos egressos.

 

2. Perfil do Médico Veterinário

Do Médico Veterinário egresso espera-se que possua formações generalistas, humanistas, críticas e reflexivas, aptas a compreender e traduzir as necessidades de indivíduos, grupos sociais e comunidades, com relação às atividades inerentes ao exercício profissional, no âmbito de seus campos específicos de atuação em saúde animal e clínica veterinária; saneamento ambiental e medicina veterinária preventiva, saúde pública e inspeção e tecnologia de produtos de origem animal; zootecnia, produção e reprodução animal e ecologia e proteção ao meio ambiente. O egresso deverá ainda ter conhecimento dos fatos sociais, culturais e políticos da economia e da administração agropecuária e agroindustrial, capacidade de raciocínio lógico, de observação, de interpretação e de análise de dados e informações, bem como dos conhecimentos essenciais de Medicina Veterinária para identificação e resolução de problemas.

Conheça mais:

Projeto pedagógico na íntegra

Ementas e carga horária das disciplinas do curso

Disciplinas e pré-requisitos

Sugestão de fluxo para o curso

Listar Todas Voltar